Legislação e governo movimentam mercado no centro de SP – Estado de S. Paulo

Um conjunto de medidas públicas e a nova legislação que trata sobre o Plano Diretor Estratégico de São Paulo vão estimular a atividade de incorporadoras no centro da capital. Matéria publicada no jornal Estado de São Paulo, assinada por Gustavo Coltri, aponta alguns fatores que devem favorecer o setor imobiliário, na visão de especialistas do mercado.

Entre as medidas, está a possibilidade das incorporadoras ganharem mais espaço, tendo em vista que prédios sem valor histórico poderão ser demolidos para dar lugar a novos prédios. A reportagem salienta ainda o fato de existirem muitos edifícios antigos que pertencem a um dono só, o que pode tornar a negociação mais atraente para as incorporadoras.

Outro ponto favorável é a Operação Urbana Centro, que garante incentivos para a construção de edificações com área construída de até seis vezes o tamanho do lote. Ouvido pela reportagem do Estado de São Paulo, o diretor de incorporação da Esser, Nick Dagan, acredita que, tendo em vista a valorização do metro quadrado na região central da cidade, a vocação do centro seja para studios e imóveis de 1 e 2 quartos.

Para quem quer adquirir um imóvel na região central, visando praticidade no dia-a-dia e certeza de valorização do patrimônio, vale a pena conhecer de perto os apartamentos do New Home e Next Home.

Quer saber mais detalhes sobre os novos projetos para o centro da capital? Confira a matéria na íntegra!